quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Nas páginas e nas Telas #2: Peixe Grande


Por: Bruna K.

Olá, olá! Mais coiseiras pro blog! haha Já falamos sobre livros de filmes e vice-e-versa aqui no blog, mas resolvi juntar os dois num post só, que tal?
Ali tá como #2 porque já falei sobre o livro e o filme O Iluminado. :D
Li Peixe Grande há uns 3 meses e como ainda não terminei nenhum dos que eu tou lendo, lembrei da resenha que fiz no skoob e resolvi postar aqui. Juro, tentei terminar O Diário de Bridget Jones hoje, mas eu não sei como tem gente que consegue ler 25 livros em um mês. 




Livro
Peixe Grande - Uma Fábula do Amor Entre Pai e Filho
Daniel Wallace
Editora Rocco


  • Peixe Grande é uma história comovente sobre a relação pai e filho. Ed Bloom está  prestes a falacer e seu filho Will, começa a relembrar com ele as histórias fantásticas que Ed sempre contou sobre sua vida. O problema é que Will vive com a mágoa de nunca ter conhecido de verdade seu pai, nada sobre sua verdadeira vida, apenas suas histórias. O que eu achei mais interessante no livro é que como um livro de contos, Peixe Grande trás muitas histórias de personagens que passaram pela vida de Ed, como a 'Garota do Pântano'. Pra quem já assistiu o filme, o livro tem o mesmo final lindo, mas Tim Burton conseguiu fazer tudo ser mágico. 


Filme
Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas
Diretor: Tim Burton
Elenco: Albert Finney, Ewan McGregor, Billy Crudup, Alison Lohman.
Lançamento: 2003
Duração: 125 minutos 



  • Tim Burton dirigiu a adaptação que é simplesmente incrível como já era de se esperar. :B Nesse caso, tenho que admitir que a adaptação deu um banho no livro, hein? Assisti ao filme primeiro, talvez por isso goste mais (desculpa aceita?). Como já disse, o filme é visualmente incrível, tem cenas lindas, muito bem dirigido, atores fofinhos, muita luz, figurino, a coisa completa. Sem contar que o romance entre os pais de Will, está mais em foco na adaptação, o que eu adorei. Tim Burton, fez do Edward Bloom de Daniel Wallace, realmente fantástico, legendário, num filme mágico. Aqui Ed é fiel, corajoso, gentil, um perfeito cavalheiro.  O Ed Bloom original me passou a ideia de um homem comum que simplesmente queria que o filho se orgulhasse dele por meio de suas histórias fantásticas ou que de certa forma sentia vergonha de não ter acumulado grandes feitos durante a vida e reinventa sua história para o filho. Algo do tipo. E os 'personagens secundários' (entre aspas porque são tão importantes quanto Ed) aparecem mais, dando mais vida às histórias. 

Conclusão: É um livro lindo, divertido, criativo, muitas vezes comovente. Tim Burton, como era de se esperar, só deu aquele algo a mais.
Mas juro que passei grande parte do livro esperando pela cena das flores!


3 comentários:

  1. Esse filme, é um dos filmes mais fantásticos que já vi.

    Com certeza vai pra lista de filmes que significam muito pra minha vida :)

    Te amo amor.

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Tem selinho para vocês lá no Deputamadre:
    http://kerlymaciel.blogspot.com/2011/02/selinhos-e-memes.html

    Espero que gostem! *-*

    Bjoss
    ;**

    Ps.: sou suspeita para falar, mas eu adoro esse filme! Nunca li o livro, mas vamos ser sinceras: O Tim ARRAZA SEMPRE!

    ResponderExcluir
  3. Tim é incrível *-* Tudo que ele toca vira ouro! hahaha
    Esse filme é lindo demais, o primeiro que achei a adaptação melhor que o livro.

    *Também amo você, more ^-^
    *E Obrigada pelo selinho, Kerlynha!

    ResponderExcluir

Seu comentário alimenta nosso blog, então aproveitem esse espaço e digam o que estão achando. :)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...