quarta-feira, 4 de abril de 2012

{Eu li} O trono de fogo - Rick Riordan

"Aqui é Carter. Olhe, não temos tempo para
apresentações longas. Preciso contar esta história
depressa, ou vamos todos morrer."
Rick, de fato, nunca quis ser o Sr. Objetividade. E nesse ponto eu o apoio.
 
 Quando leio qualquer coisa que seja, mas principalmente histórias, procuro sempre observar às vezes até subconscientemente como o autor emenda um capítulo e/ou um volume ao outro e nessa minha busca inscessante por costuras tão perfeitas eu descobri o Rick!
 Tudo começou quando eu li o primeiro livro da série As crônicas dos Kane, A Pirâmide Vermelha. Assim que o livro foi lançado eu realmente não dei o menor crédito, pois conhecia a sua fama que teve origem com a série Jackson, que eu me prometi a ler e depois desisti, diga-se de passagem, e não queria nem tocar em livros que falassem de mitologia. E tudo, porém, mudou quando eu vi o livro recém chegado na biblioteca do bairro, novinho, cheiroso e seduzente.Então foi batata! Alguns segundos de olhares trocados e logo depois me vi seguindo para casa com ele nas mãos.
Personagens: Anúbis, Zia, Walt e Bes.
Depois do romance com o primeiro volume, claro que tínhamos que dar andamento à relação. Segui assim com O Trono de Fogo. E não fiquei surpresa ao perceber que cada parte do livro me conquistou de um jeito: de uma forma geral o Rick, como já disse, já havia me conquistado com seu maravilhoso jeito de fazer as costuras, Sadie me arrancava risinhos de mim com suas irônias e seu humor sarcástico diante das piores situações possíveis, Carter também me fez rir diversas vezes com seus conhecimentos bem avançadinhos para um pré-adolescente de 14 anos sobre o Egito e sem falar do Babuíno que só comia coisas que terminavam com "O".
Deusa felina, Bastet.
Ter que despertar um deus muito antigo que já se aposentou há trilhões de anos parece um pouco difícil, não? Imagine então que você esteja também, sendo caçado por dois dentre três magos mais poderosos do mundo por estar supostamente agindo 'fora das leis'.Bem, foi extamente essa a missão dos meninos durante todo o livro. Felizmente dentre toda essa trama desesperadora há amigos firmes ao seu lado, como a deusa felina que era sua antiga gata de estimação, Bastet ou  o deus Anão que veste o traje feioso, Bes. Mas o 'quê' a mais que aparece no segundo livro, é sem dúvida os mistérios guardados pelos aprendizes de magia que vêm de todas as partes do mundo para se aprender e se unir aos Kane.
Carter Kane
Eu definitivamente amei o livro apensar de ter ficado bem triste com o final que estou me segurando para não escrever aqui. Então, estou indo logo antes que faça dessa resenha um spoiler se é que já não o é haha e vou deixar com vocês mas algumas palavras de Carter.
"Se você não ouviu nossa primeira gravação, então… muito prazer: os deuses egípcios estão circulando no mundo moderno; um grupo de magos chamado Casa da Vida está tentando detê-los; todo mundo me odeia e odeia Sadie; e uma serpente enorme está prestes a engolir o Sol e destruir o mundo.[Ai! Por que você fez isso?]
Sadie acabou de me dar um soco. Ela diz que vou assustar você demais.
Preciso parar, me acalmar e recomeçar do início.
Está bem. Mas, na minha opinião, você deveria ficar assustado.
O objetivo deste relato é fazer com que todos saibam o que realmente está acontecendo e como tudo deu errado. Você vai ouvir muitas pessoas falando mal de nós, mas não provocamos aquelas mortes. Quanto à serpente, também não tivemos culpa. Bem… não exatamente. Todos os magos do mundo precisam se unir. É nossa única chance."

4 comentários:

  1. Oi Sabrina!
    Eu particularmente gostei mais de Percy Jackson.
    Cheguei a ler A Pirâmide Vermelha, mas não consegui terminar. Me diverti, sim, com o livo, mas não me senti tão presa a história como me prendi a Percy Jackson. Talvez eu volte a ler a série depois que ela toda for lançada, mas por enquanto não.
    Sobre os personagens eu gostei mais do Carter, não gostei da Sadie, talvez por tomar as dores de Carter, que se sentia não-amado pelos avós. :/
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vanessa!
      Pois é, como eu falei na resenha não curti muito nem o filme do Percy :/
      Mas a série Kane me encantou, principalmente os protagonistas. E acho que eu tomei as dores de Sadie,por se sentir 'deixada' de lado pelo pai, mesmo ela tendo tudo...
      Beijos

      Excluir
  2. Li recentemente "O Ladrão de Raios" e estou ficando cada vez mais curioso em ler mais livros do Ricky Riordan.

    Abraços,
    http://contandolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já que está curioso, eu super recomendo a série "As crônicas dos Kane" ^^
      Beijos

      Excluir

Seu comentário alimenta nosso blog, então aproveitem esse espaço e digam o que estão achando. :)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...