quarta-feira, 31 de outubro de 2012

{Eu li} Como treinar o seu dragão - Cressida Cowell

Eu, definitivamente, tenho uma queda por piratas. E foi justamente essa queda, sem mencionar o meu olho gordo, que fez com que eu comprasse e pedisse como presentes os cinco primeiros exemplares da série Como treinar o seu dragão de Cressida Cowell. Tudo porque o segundo livro da série é entitulado Como ser um pirata, porque eu não resisto a livros a R$ 9,90 e porque eu adorei o jogo e filme mesmo sem conseguir assitir ele inteiro,maldição! Eragon :3
Mas...como nada é perfeito, minha irmã que é uma mini estraga prazeres fez o favor de ler o livro antes de mim  e ainda teve a cara de pau de me dizer que eu me decepcionaria. E sabe qual foi o pior? Eu esperava mais do livro .-.
Só que eu esperava mais de um jeito bom, quer dizer, ao ler o livro eu percebi que esperava uma história mais elaborada, que não esperava que fosse  um livro destinado à crianças. Isso mesmo, é um livro infantil, estilo à la Menina bonita do laço de fita.



 E então lá fui eu me adaptar a ler uma história realmente infantil. Fazia muito tempo que não via as coisas, como os pequeninos vêem o mundo e de uma experiência decepcionante, se tornou uma experiência lavante da alma. Com toda a certeza possível, será um livro que lerei para os meus filhos antes que eles durmam.
Tudo começa quando Soluço e mais um grupo de jovens vikings têm, cada um, que capturar e treinar um dragão. Esse é o treinamento e ritual de iniciação que define se os garotos são merecedores de serem reconhecidos como membro da tribo dos Holigans, que diga-se de passagem o pai de Soluço é chefe.
Soluço é muito inseguro, do tipo que não grita nem com uma formiga e fica mais ainda quando descobre que a chave para se treinar um dragão é gritar com ele. A partir daí a coisa fica feia, Banguela o dragão de Soluço praticamente obriga o menino a fazer tudo que o ele deseja, fazendo dele gato e sapato e se tornando um mimado.
Apenas uma grande reviravolta nos ares da tribo é capaz de mudar essa situação e, consequentemente, muitas outras mais.
Assim que eu assistir o filme,eu conto o que achei ;)

5 comentários:

  1. Mais do que eu amo piratas, são só os Vikings hahah. Apesar de eu não gostar muito de drações, eu curti o filme, que até então, eu nem sabia que era baseado em um livro. Achei fofo a parte de ler para os filhos antes de dormir. Meus pais nunca fizeram isso para mim, mas a minha vó cantava. hahaha

    Beijos!
    http://bagacodelaranja.com

    ResponderExcluir
  2. Ai gente, ler livro infantil de vez em quando é tudo de bom *o*
    Parece que renova a mente.
    Sempre tive vontade de ler esses livros, adoro dragões (*o*).

    rsrss!!!


    Beijos, Sahh!
    http://devaneandopravariar.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Sah! :)
    Eu li esse livro já sabendo que era infantil, já que eu tinha lido resenhas empolgadas.
    Lá fui eu ler com as expectativas arranhando o céu, e, bom, me decepcionei. Para algumas pessoas o livro funcionou, mesmo sendo infantil, mas para mim não. Ele é fofinho, engraçadinho, tem ilustrações lindas, mas não me empolgou.
    Ainda não vi o filme, mas vou ver.
    Eu também cometi a bobagem de comprar os outros livros da série (três na época), mas troquei todos, porque sabia que não ia conseguir ler.
    Apesar de tudo é um livro que eu adoraria ler para meus filhos também! :)
    Beijos, Sah.

    ResponderExcluir
  4. Será que é tão infantil assim? hahaha
    Deve ser legal o filme também poxa, me interessei hehe ;)

    Bjuuu'z \õ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, mas é um infantil que vale a pena ahsudhusa

      Excluir

Seu comentário alimenta nosso blog, então aproveitem esse espaço e digam o que estão achando. :)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...