quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

{Eu li} Brisingr - Christopher Paolini

Heeeeey Povo de Alagäesia ! 
Mais uma vez estamos aqui com mais um episódio de tirar o folego do Ciclo da Herança, e dessa vez eu posso falar sem dúvida, é um dos melhores prelúdios para finais épicos, ao lado de Enigma Do Príncipe e Em Chamas. Estou falando de Brisingr ! 


 
Sinopse do SkoobEm Brisingr, Eragon e seu dragão, Saphira, conseguiram sobreviver à batalha colossal na Campina Ardente contra os guerreiros do Império. No entanto, Cavaleiro e dragão ainda terão de se deparar com inúmeros desafios. Eragon se vê envolvido numa série de promessas que talvez não consiga cumprir, como o juramento a seu primo, Roran, de ajudá-lo a resgatar sua amada Katrina das garras de Galbatorix. Todavia, Eragon deve lealdade a outros também. Os Varden precisam desesperadamente de sua habilidade e força, assim como elfos e anões. Com a crescente inquietação dos rebeldes e a iminência da batalha, Eragon terá de fazer escolhas que o levarão a atravessar o Império, viajando muito além. Escolhas que poderão submetê-lo a sacrifícios inimagináveis? Conseguirá o jovem unir as forças rebeldes e derrotar o Império?


Primeiramente, veja as resenhas de Eragon e Eldest antes de ler esta, senão voce entenderá nada e lerá spoilers .. Tragicamente.. 

Bom, vamos lá. Para começar, Eldest foi o livro que tudo da errado, e aqui é aonde tudo ressurge. Levantando das cinzas mas com tudo mais complicado a sua volta. Eragon Matador De Espectros, esta muito atordoado. Depois da revelação de Murtagh com seu dragão Thorn, em que eles revelam que ele é filho de Morzan, o Primeiro e maisi temível Renegado, Cavaleiros que serviam a Galbatorix, e assim sendo, são irmãos. Isso o perturba, mas não menos do que sua promessa mais recente. A de invadir a toca dos Ra'Zac com Roran e resgatar Katrina. 

Ele arruma briga com Nasuada, Arya e a Rainha Islanzadí e acompanha Roran Martelo Forte com Saphira Escamas Brilhantes para Helgrind. Chegando lá eles conhecem um pouco mais sobre o mundo que cerca os Ra'Zac e planejam o ataque. Com muito sangue jorrado e tudo mais, eles consegue matar os Ra'Zac e suas montarias selvagens, e resgatam Katrina. Eragon fica para tras para dar um castigo não tão doloroso quanto a morte para Sloan, pai de Katrina e traidor de Carvahal. E também tem que lidar mais tarde com uma batalha com Murtagh e seu dragão Thorn, mais uma batalha digna de Obi Wan Kenobi Versus Anakin. (sou muito nerd Meu Deus ..) ~ 


Assim, Roran vira um problema para Nasuada, que quer aproveitar o potencial dele ao máximo. Então resolve usá-lo como simples soldado por enquanto. E o manda sobre comando de Martland Barba Ruiva, interceptar um carregamento de suprimentos para soldados do Império. Ele vai muito bem, muito bem mesmo. Mas ainda sendo um soldado ele vai interceptar outro carregamento, mas lá estão os novos inimigos poderosos para todos, Os Mortos Que Riem. São soldados do Império que mesmo recebendo golpes fatais eles levantam rindo e vão para a luta novamente, mais ou menos um Zumbi com agilidade humana. Para matar só esmagando o crânio, e Roran mostra sua inteligência e coragem derrotando este bando.

Eragon enquanto isso vai a Farten Dür, assistir a reunião dos anões em busca de um novo Rei. E ele vai apoiar o líder de seu Clã, o Orik, velho amigo. Mas as coisas se complicam um pouco. Um Clã rival tenta assassinar Eragon e seus guardas, lembrando que Saphira está com os Varden em Sürda. Por pouco Eragon escapa, já que nem espada ele tem, já que a Za'roc o Murtagh pegou de volta. E uma investigação é feita por Orik e seu clá, e assim ele descobre um jeito de persuadir a todos os Clãs para que ele possa ser o Rei. E dito e feito, com um voto de diferença, Orik é o novo Rei dos Anões.

Mas enquanto isso, Roran é designado para um novo comandante, este bem carrasco, o Edric, e eles invadem um vilarejo de soldados do Império. Lá eles estão perdidos, e as ordens de Roran Martelo Forte os salvam, mas Edric se opõe, e fala que ele é quem manda. Eles se separam, mas Roran persuade os soldados de seu pelotão e os fazem adotar sua própria estratégia e única para conseguir vencer. Assim eles conseguem e Roran faz um monte de 6 metros só de cadáveres, os matando com uma lança e seu martelo. Ele mata quase 200 soldados ! Oo


Mas sua desobediência custa caro, mas ele não liga, já que Nasuada justa como é, o promove a comandante de um pequeno exército de soldados e agora aliados, Urgals. E nesse meio tempo, Eragon vai a Ellesméra se encontrar com Oromis e seu dragão Glaedr. Mas sua viajem é muito produtiva. Ele consegue forjar sua própria espada com ajuda da ferreira, com pedras de meteoro, e que é encantada, e ele a nomeia de Brisingr ! 

Eragon também descobre quem verdadeiramente é seu pai, parte de muita emoção do livro, também como Galbatorix se torna forte através dos anos. E recebe um presente irrecusável, mas ele não pode ficar muito tempo, já que uma batalha já esta rolando, e os Varden, Elfos e Anões precisam dele.

Christopher Paolini faz mais um livro desgraçado. Desgraçado não porque ele é ruim, pelo contrário é um ótimo livro, mas é porque quando voce fica entusiasmado por mais o livro acaba. Este tipo de livro é complicado, mas muito divertido. Voce acaba o livro soltando um grito (LOOOOOOOOOOL) e pega a carteira para ver se tem dinheiro para comprar a continuação. A escrita de Paolini continua evoluindo e muitos mistérios ainda tem que ser revelados, e quando revelados, saem de baixo que Saphira vem aí !
O próximo livro é Herança, então fiquem ligados que em breve ele vem por aí ! Nota? 9.6! See ya \õ

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário alimenta nosso blog, então aproveitem esse espaço e digam o que estão achando. :)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...